terça-feira, 1 de janeiro de 2008

Lobisomem

Parei pra planejar esse post, e não consegui uma idéia decente. Desenvolvendo: eu sei exatamente sobre o que quero escrever, mas não sei descrevê-lo. Quero falar sobre o meu dia 31 de Dezembro de 2007, e a virada pro dia 1º de Janeiro de 2008, mas não encontro palavras pra descrever o quanto me foi prazerosa essa ocasião.
A única verdade que posso dizer sobre o ocorrido é que esse foi o melhor Ano Novo de toda a minha vida, e que provavelmente vou me lembrar da diversão que me foi propiciada nesse dia por muito tempo, mesmo que aqueles que tenham participado desse momento não estejam mais presentes. Qualquer outra sentença desferida por mim para tentar criar uma imagem sobre ontem não fará jus completo ao que realmente aconteceu. Se eu disser que foi um dia maravilhoso, ainda assim a frase teria sentido incompleto, pois foi muito mais que isso. Eu dormi às oito da manhã, com o sol a pino na minha cara, cansado até os ossos, e morrendo de fome, mas com um enorme sorriso no rosto.

Obrigado aos meus grandes amigos e à minha namorada por terem tomado parte nesse Ano Novo. Tenham certeza que nunca esquecerei dos grandes momentos, como o especial dos dinossauros e as piadas de Emuzandro, o Bloco das Piranhas, o encontro com Paulo Renato. Brincar de Jigglypuff, ouvir jazz, boicotar a comida dos gatos do Caio Martins e evitar a disseminação de toxoplasmose, quase desmaiar de puro medo. Peixes e gatos no zoológico, defuntos, Bastard Kid, Suíça Japonesa. E mais uma porrada de citações; eu poderia ficar aqui até amanhã às oito da manhã acordado, novamente, citando cada gargalhada que soltei ontem. Finalmente, obrigado.

E pra fechar:

"Alô?! PAULO RENATO?!"

- Ao som de: Men Women & Children - Dance In My Blood -

Um comentário:

Lord of Metsu disse...

Uma noite inesquecível de fato, tão especial que como você tive dificuldade na hora de descreve-la, mas o que vale é o momento que ficou na mente de cada um, e obrigado tambem a voçê pelo grande amigo que és e é claro, pela festa!
Um abraço cara, e até búzios!
PS: Porra, do jeito que falei parece até que eu só vou te ver em búzios agora, mas que se foda auhahuahahuahaha