quinta-feira, 31 de julho de 2008

Correndo Através da Montanha

Eu minto bastante pra mim mesmo.
Eu acho que sou à prova de balas.
Eu sei que nunca vou achar o que falta em mim.
Eu não sei o que falta em mim.
Eu estou cansado.
Eu queria ser como todos os outros.
Eu me amo demais.
Eu aceitaria trocar de lugar com qualquer um.
Eu queria ser metade do que as pessoas esperam de mim.
Eu queria que as pessoas não esperassem de mim.
Eu não sei quem sou.
Eu queria que a vida fosse mais complicada.
Eu queria viver mais simples.
Eu odeio quando as pessoas mudam ao meu redor.
Por que as pessoas mudam ao meu redor?
Eu preferia não ser idealista; preferia ter foco.
Eu queria ser à prova de balas.
Eu quero explodir em chamas.

- Ao som de: Placebo - Running Up That Hill -

4 comentários:

Lo Scienziato. disse...

que coincidência! (Y)

Smokey Mcpot disse...

Saudades das suas divagações!
\o/
Cabaram as férias?

Oráculo disse...

Sim, senhor. Começou a putaria.
E tu, de volta ao batente?

Ricardo disse...

vai continuar odiando pra sempre